NOTICIAS

barra-colores

Amostragens nas afluentes portugueses por parte do CIIMAR

Os membros do CIIMAR  têm estado realizando durante a temporada estival  seguimentos nas populações piscícolas objeto do projeto, com o fim de determinar a distribuição e densidade dos peixes migradores nos rios tributários do Norte de Portugal. Esta atuação, enquadra-se dentro da Atividade 4 "Avaliação do impacto das atuações", Ação 1 de "Avaliação do impacto da retirada e permeabilización de obstáculos" do projeto.

Amostragens nas afluentes portugueses por parte do CIIMAR

Atuações da Confederação Hidrográfica do Minho-Sil no rio Caselas

  As atuações do projeto POCTEP Migra Miño-Minho seguem avançando, durante a primeira quinzena do mês de agosto, a Confederação Hidrográfica Minho-Sil (CHMS) realizou atuações nos obstáculos objeto deste Projeto. O objetivo destas, é melhorar a proteção e a gestão sustentável do espaço natural de

Atuações da Confederação Hidrográfica do Minho-Sil no rio Caselas

INVENTÁRIO DE PRESSÕES NA SUBCUENCA INTERNACIONAL DO RIO MINHO

  Para conhecer o grau de fragmentação do habitat da cada espécie ou grupo de espécies da ictiofauna do rio Miño e, portanto, a incidência dos obstáculos sobre a sua distribuição realizou-se um estudo da tipologia dos obstáculos presentes de quatro afluentes selecionados.Na parte espanhola

INVENTÁRIO DE PRESSÕES NA SUBCUENCA INTERNACIONAL DO RIO MINHO

Salmo trutta: Uma espécie exigente

O salmón atlântico é uma das espécies mais exigentes com a qualidade do médio no que vive. Sempre se considerou que a presença de populações estáveis desta espécie em um rio é um sintoma do bom estado de conservação global da cuenca. Requer águas bem oxigenadas e mal tolera a contaminação de qualquer tipo. Quando um rio se contamina, uma das primeiras espécies que desaparece é o salmón. Este também é muito sensível à temperatura da água, acima de 22 ºC as suas condições de vida se resienten e temperaturas superiores a 25 ºC costumam ser letais.

Salmo trutta: Uma espécie exigente

Jornadas divulgativas sobre Migra-Minho

Dentro das atividades contempladas no enquadramento do Projeto Migra Miño-Minho, uma delas é a celebração de jornadas divulgativas por parte dos sócios para informar sobre o estado atual das populações de peixes migradores presentes na Galiza como em Portugal.

Jornadas divulgativas sobre Migra-Minho

Amostragens das populações ictícolas no rio Deva

Durante estas semanas, os técnicos da Estação de Hidrobioloxía "Barragem do Com" da Universidade de Santiago de Compostela, têm estado realizando tarefas de amostragem no rio Deva. Para este primeiro estudo, apoiaram-se em equipas de mergulho com o fim de proceder ao marcado e recaptura das espécies migradoras piscícolas objeto do Projeto Migraminho.

Amostragens das populações ictícolas no rio Deva

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira CELEBROU: “JORNADAS dE ESPÉCIES MIGRADORAS DO PROJETO MIGRA MINHO”

O Aquamuseu do Rio Miño acolheu durante os dias 13 e 17 de julho a celebração de uma série de atividades divulgativas baixo o lema: "Festa dos peixes migradores", dirigidas para os mais pequenos. A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, foi a encarregada de dar a conhecer a importância ecológica e cultural sócia a estas espécies presentes no rio Miño e nas suas afluentes. Estas jornadas celebraram-se dentro do enquadramento das atuações do Projeto Migra Miño-Minho sobre as populações de peixes migradores da Galiza e Portugal.

A Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira CELEBROU: “JORNADAS dE ESPÉCIES MIGRADORAS DO PROJETO MIGRA MINHO”

Reprodução artificial do estoque de sável do rio minho

Na semana pasada, técnicos da Direcção Geral de Patrimonio Natural realizaram, pela primeira vez na Galiza, a reproduçao artificial de sável (Alosa alosa) nas instalações da piscifactoría de Carballedo, en Cercedo-Cotobade (Pontevedra). Os exemplares, duas fêmeas e dois machos, foram recolhidos na estaçao de captura

Reprodução artificial do estoque de sável do rio minho

Apresentação de Migra Minho na “I Jornada AGAIA”

Os pesquisadores da Estação de Hidrobioloxía "Barragem do Com" (USC) organizaram um seminário internacional sobre o Projeto Migramiño no enquadramento da "I Jornada AGAIA (Associação Galega de Pesquisadores dá Auga)", celebradas na Cidade da Cultura de Santiago de Compostela os passados 28 e 29 de junho.

Apresentação de Migra Minho na “I Jornada AGAIA”

6ª reunião de sócios do projeto Migra Minho

Os sócios do projeto reuniram-se ontem na sede do Parque Natural Monte Aloia, Tui. Durante a sessão revisaram conjuntamente o seguimento das ações em marcha e o cumprimento dos compromissos assumidos pela cada um deles. Depois de realizar uma revisão sobre todas as atividades, se fixaram novos objetivos e prazos para avançar na execução do projeto.

6ª reunião de sócios do projeto Migra Minho

Migraminho no congresso ibério de ictiología, SIBIC2018

Vários dos sócios do projeto Migraminho, DXPN, USC e ICNF participam nestes dias no Congresso Ibério de Ictiología, SIBIC 18, que se celebra em Faro (Portugal) do 12 ao 16 de junho. Este evento, organizado conjuntamente pelo Centro de Ciências de Mar (CCMAR) e a Universidade do Algarve, é uma conferência que abarca todos os aspetos da biologia dos peixes e a gestão dos recursos pesqueiros e dos seus habitats.

Migraminho no congresso ibério de ictiología, SIBIC2018

Marcado acústico de esguines de salmón no rio Tea

Técnicos da Direção Xeral de Património Natural marcaram um total de 70 esguines de salmón no rio Tea para o seu controlo mediante dispositivos acústicos. A metade das instâncias marcadas, capturados na estação da Freixa (Ponteareas), procediam da repoblación artificial de salmón, enquanto a outra metade eram selvagens.

Marcado acústico de esguines de salmón no rio Tea

Sessão prática em o “Workshop on pit tag methodologies for fish pass”

Os pesquisadores da Estação de Hidrobioloxía "Barragem do Com" mostraram as técnicas de marcado que se aplicam nos peixes migradores para o seu seguimento, bem como a manipulação do material empregado, durante a jornada prática do "Technical Workshop on PIT Tag Methodologies for fish pass, River Monitoring and Aquaculture" na semana passada em Lisboa.

Sessão prática em o “Workshop on pit tag methodologies for fish pass”

Migraminho no Workshop “methodologies for fish pass, river monitoring and aquaculture”

Vários membros da Estação de Hidrobioloxía "Barragem do Com" -USC e do ICNF assistem nestes dias ao "Technical Workshop on PIT Tag Methodologies for Fish Pass, River Monitoring and Aquaculture" que se está a celebrar em Lisboa nesta semana.

Migraminho no Workshop “methodologies for fish pass, river monitoring and aquaculture”

Amostragem no rio Furnia para avaliar o impacto das atuações do projeto

Nestes dias, os técnicos da Estação de Hidrobioloxía "Barragem do Com"- USC estão a realizar tarefas de amostragem no rio Furnia, com as que se pretende avaliar o efeito que têm os obstáculos sobre o movimento natural dos peixes migradores.

Amostragem no rio Furnia para avaliar o impacto das atuações do projeto

Presença do projeto nos meios de comunicação

A solta de exemplares de salmão no rio Minho, na sexta-feira passada 4 de maio desde o Embarcadouro de Tui, gerou uma alta repercussão mediática na zona. Ademais de várias publicações nos periódicos locais, a notícia sobre a repoboación do Miño foi recollida pola canle

Presença do projeto nos meios de comunicação

Repovoamento do rio Minho con mais de 7.000 salmãos

Esta manhã soltaram-se um total de 7.350 esguines de salmón no trecho internacional do rio Miño, desde a Comandancia Naval de Tui, como medida de repoblación desta espécie no rio. Esta ação foi realizada por técnicos da Direccion Xeral de Património Natural da Xunta de Galicia, com o apoio da Armada espanhola e portuguesa. Também estiveram presentes membros do CIIMAR e do ICNF, sócios do projeto Migramiño, além de coletivos de pescadores da Espanha e Portugal.

Repovoamento do rio Minho con mais de 7.000 salmãos

Solta de salmãos co apoio das Armadas portuguesa e espanhola

A Direcção Geral de Patrimônio Natural e o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) realizarão a próxima sexta-feira 4 de maio uma solta de juvenis de salmão no Troço Internacional do rio Minho. Esta ação, que será apoiada pelas Armadas Portuguesa e Española, se enquadra numa das atividades do projeto Migraminho, em concreto na denominada “Reforço e melhora das poboacións de peixes migradores”.

Solta de salmãos co apoio das Armadas portuguesa e espanhola

Atividades no dia mundial dos peixes migradores

Por ocasião da celebração do Día Mundial dos Peixes Migradores, no passado dia 21 de abril, a Estação de Hidrobiologia “Encoro do Con”, a DX de Patrimônio Natural da Xunta de Galicia e o Aquamuseu do rio Minho de Vila Nova de Cerveira, organizaram uma

Atividades no dia mundial dos peixes migradores

21 de abril: Dia Mundial dos Peixes Migradores

Com motivo da 3ª edição da Jornada Mundial dos Peixes Migradores, no sábado 21 de abril celebrar-se-á uma jornada de divulgação em diferentes pontos do rio Minho, que incluirá várias atividades para dar a conhecer estas espécies à população e explicar que fatores ameaçam atualmente o seu ciclo de vida natural.

21 de abril: Dia Mundial dos Peixes Migradores

Acordo de colaboração entre a CONFEDERAÇÃO HIDROGRÁFICA MIÑO-SIL e a câmara municipal de Tui

Ontem, o Chefe de Área de Planos e Estudos da Confederação Hidrográfica Miño-Sil (CHMS), Agustín Sevilha, manteve uma reunião com o Vereador de Cultura, Património e Médio Ambiente de Tui, Eduardo Fritaria, para informar sobre os planos que estão em marcha no projeto Migra Miño-Minho e que afetam precisamente ao rio Caselas, ao seu passo por esta câmara municipal.

Acordo de colaboração entre a CONFEDERAÇÃO HIDROGRÁFICA MIÑO-SIL e a câmara municipal de Tui

5ª Reunião de sócios do projeto migra miño-minho

Ontem 4 de abril celebrou-se a 5ª reunião de sócios do projeto Migra Miño-Minho, nas instalações do Aquamuseu Rio Minho, em Vilanova de Cerveira. O encontro, que congregó a representantes de todos os beneficiários do projeto, teve como objetivo fazer uma revisão das atividades que se fizeram ao longo dos últimos meses e realizar uma previsão em curto prazo sobre a execução de próximas ações.

5ª Reunião de sócios do projeto migra miño-minho

Migramiño en el workshop WGDAM (ICES)

A EHEC apresentou o projeto MIGRA MIÑO-MINHO (interreg Espanha-Portugal) no workshop do WGDAM (Working Group On Data Poor Diadromous  Fish) que se esta celebrando em Copenague (Dinamarca) nas dependências do ICES (International Council for the Exploration of the Seja), do 12 ao 16 de março.

Migramiño en el workshop WGDAM (ICES)

Migramiño no “14º Congresso da Água”

Os passados 7, 8 e 9 de março teve local em Évora (Portugal), a 14ª edição do Congresso dá Água, organizado pela Associação Portuguesa de Recursos Hídricos (APRH) e dedicado nesta ocasião ao tema "Gestão dos Recursos Hídricos: Novos Desafios".

Migramiño no “14º Congresso da Água”

Visita aos obstáculos selecionados em afluentes portugueses

O passado 7 de março, técnicos do CIIMAR, da APA e do ICNF, realizaram uma saída de campo para visitar os obstáculos pré-selecionados pelo CIIMAR nas afluentes portugueses, no âmbito da atividade 1 do projeto, “Mais mobilidade e acessibilidade no habitat fluvial”. As afluentes sobre

Visita aos obstáculos selecionados em afluentes portugueses

Instalação de uma boya oceanográfica no estuário do Miño

O passado 14 de fevereiro, técnicos do APA e do CIIMAR instalaram uma boya oceanográfica no estuário do rio Miño, na câmara municipal Vilanova de Cerveira. O objetivo é realizar a monitorização de parâmetros físico-químicos que afetam ao habitat e à dinâmica das espécies migradoras objetivo do projeto. Os parâmetros objeto de medição são: Ou2, ph, temperatura, condutividade/salinidad e clorofila a.

Instalação de uma boya oceanográfica no estuário do Miño

em marcha a reprodução artificial do estoque de salmón do rio minho

Técnicos da Direção Xeral de Património Natural realizaram na piscifactoría de Carballedo, em Cerdedo - Cotobade (Pontevedra) o desove artificial de salmón atlântico do rio Miño. Durante o mês de janeiro têm-se desovado um total de 3 instâncias procedentes Minho, dos que se espera obter um total de 15,000 crianças, embora ainda ficam umas 3 ou 4 fêmeas do Minho mais por desovar que poderiam produzir uns 30 ou 40.000 juvenis.

em marcha a reprodução artificial do estoque de salmón do rio minho

4ª Reunião de sócios do projeto migra miño-minho

Na passada terça-feira 30 de janeiro teve local a quarta reunião de sócios do projeto Migra Miño-Minho, na sede da Agência Portuguesa do Ambiente (APA - ARH Norte), no Porto.

4ª Reunião de sócios do projeto migra miño-minho

Migramiño no Workshop “Gestão da agua nos ríos internacionais: novos desafíos e oportunidades”.

O passado 28 de novembro celebrou-se no Porto o Workshop sobre "Gestão dá água nos rios internacionais: novos desafios e oportunidades" e nela participou o engenheiro José Pimenta Machado, administrador Regional dá Administração dá Região Hidrográfica do Norte.

Migramiño no Workshop “Gestão da agua nos ríos internacionais: novos desafíos e oportunidades”.

JORNADA DE LANÇAMENTO E APRESENTAÇÃO DO PROJETO MIGRAMIÑO

O passado 27 de novembro teve local na Fortaleza de Salvaterra de Minho a celebração da jornada de lançamento e apresentação do projeto Migramiño, emoldurado no Programa Interreg V-A Espanha-Portugal (POCTEP) 2014-2020.

JORNADA DE LANÇAMENTO E APRESENTAÇÃO DO PROJETO MIGRAMIÑO

Salvaterra do Miño acolherá a jornada de apresentação do novo projeto POCTEP Migra miño- Minho

A Xunta de Galicia, por meio da Conselharia de Médio Ambiente e Ordenação do Território, será a anfitriã da jornada de apresentação do projecto Migra Miño- Minho. Este projecto transfronteiriço busca fomentar a protecção e a conservação das espécies de peixes migradores, regenerar o estado de conservação dos canais fluviais e recuperar a biodiversidade do habitat fluvial do rio Minho.

Salvaterra do Miño acolherá a jornada de apresentação do novo projeto POCTEP Migra miño- Minho

Em marcha o plano de traslocaçao de enguias

Durante este verão levou-se a cabo o plano de traslocación de anguilas, que tem permitido transladar a mais de 1000 kg de angulas (400.000 instâncias) a rios afluentes do Baixo Minho tanto em Galiza como em Portugal.

Em marcha o plano de traslocaçao de enguias

Segunda reunião de sócios do Projeto Migra Miño-Minho

O passado 27 de setembro celebrou-se na sede do Parque Natural Monte Aloia (Tui), a 2ª reunião de sócios do projecto com o objectivo de analisar o estado de execução do projecto e planificar as novas actividades previstas nos próximos meses.

Segunda reunião de sócios do Projeto Migra Miño-Minho

Voltando a casa para a reprodução

Vídeo do salmón voltando a casa para a reprodução

Voltando a casa para a reprodução

PROTECÇÃO E CONSERVAÇÃO DE PEIXES MIGRADORES DO TRECHO INTERNACIONAL DO RIO MINHO E OS SEUS AFLUENTES

Nesta semana iniciámos as amostragens do projeto Migra Miño-Minho: "Proteção e conservação de peixes migradores do trecho internacional do rio Miño e vos seus afluentes".

PROTECÇÃO E CONSERVAÇÃO DE PEIXES MIGRADORES DO TRECHO INTERNACIONAL DO RIO MINHO E OS SEUS AFLUENTES

A DXPN começa o plano anual de traslocación da enguia

A Xunta de Galicia e o Instituto de Conservação dá Natureza e dás Florestas (ICNF) do Goberno português levam a cabo esta ação conjunta com a que se pretende melhorar o estado de conservação de uma das espécies mais emblemáticas da cuenca do rio Minho.

A DXPN começa o plano anual de traslocación da enguia