A DXPN solta 10.000 pintos de outono no rio Deva

A DXPN solta 10.000 pintos de outono no rio Deva

A Direção Xeral de Património Natural (DXPN) começou uma das três soltas programadas para potenciar a repoblación natural de salmón atlântico no rio Deva. Durante esta jornada soltaram-se 10.000 pintos de outono procedentes da Piscifactoría de Carballedo.

Esta atividade emoldura-se no projeto Migramiño, do programa Poctep, financiado com fundos europeus Feder e que com um orçamento de 2,1 milhões de euros pretende melhorar a conservação do salmón atlântico no trecho internacional do Miño.