Resultados Esperados

barra-colores

Principais resultados do projeto

barra-colores
  • Um conjunto de obstáculos fluviais eliminados ou permeabilizados: demolição de açudes, passos piscícolas ou açude desmontável. Permitirá dar continuidade longitudinal e lateral dos leitos fluviais, aumentando a acessibilidade dos afluentes do rio Minho às espécies de peixes migradores.
  • Novos dispositivos de franqueio desenhados, testeados e instalados em cursos fluviais tributários da subacia internacional do Minho. Trata-se de um produto inovador do projeto, já que permitirá contribuir à permeabilización de obstáculos para peixes migradores e a fauna de modo geral através de soluções ad-hoc às condições dos obstáculos que limitam a continuidade fluvial. .
  • Normas de gestão de comuns de pesca fluvial estabelecidas e acordadas entre as correspondentes autoridades de gestão competentes na matéria da Galiza e Portugal. Dá-se um passo muito relevante na gestão conjunta dos recursos piscícolas sócios à subacia internacional do rio Minho implicando às entidades com concorrências na matéria e que são sócios no projeto, sendo além disso cientes da situação real e atual das populações piscícolas.
  • Superfície de bosque de ribera recuperados e restaurados para a melhoria da qualidade do habitat fluvial. A recuperação de ribera de bosque permitirá melhorar as margens do cauce fluvial, melhorando o habitat de ribera e portanto, a qualidade do habitat fluvial sócio.
  • Plano de translocación de enguias a rios tributários de ambos lados da fronteira na subacia internacional do rio Minho. Plano estável de colaboração para permitir aumentar a taxa de sobrevivência dos angulones que chegam remontando o rio Minho até o pé do embalse de Frieira.
  • Estoque reprodutor de salmón procedente do rio Minho e estudo das potencialidades para a reprodução em cautividad do sável. Contribuirá a melhorar o estado de conservação de ambas espécies.